"> NOTA DE ESCLARECIMENTO DO COMANDO DA 3º CIA/ DESTACAMENTO DE POLICIAR MILITAR DE TUTOIA – MA / POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO - Blog Neto Pimentel

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO COMANDO DA 3º CIA/ DESTACAMENTO DE POLICIAR MILITAR DE TUTOIA – MA / POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO

DIREITO DE RESPOSTA
Resultado de imagem para Nota de esclarecimento da policia

O COMANDO DA 3º CIA DE POLÍCIA MILITAR DO 16º BPM VEM POR MEIO DESTA ESCLARECER:

QUE NO DIA 14 DE DEZEMBRO DO CORRENTE ANO, A GUARNIÇÃO DE SERVIÇO COMPOSTA PELOS SOLDADOS J. SANTOS E PESAVENTO RECEBERAM UMA DENÚNCIA VIA TELEFONE POR PARTE DA VÍTIMA CONHECIDO COMO DR. BEBETO, QUE ESTAVA EM SEU VEÍCULO SENDO PERSEGUIDO POR OUTRO CARRO DE COR VERMELHA EM ALTA VELOCIDADE PELA CIDADE DE TUTÓIA. DURANTE A LIGAÇÃO OS POLICIAIS SOLICITARAM QUE A VÍTIMA MANTIVESSE A CALMA E QUE SE DIRIGISSE PARA O QUARTEL DA POLÍCIA MILITAR, ATRAINDO O SEU PERSEGUIDOR, TENDO EM VISTA QUE OS MESMOS SE ENCONTRAVAM BEM PRÓXIMO, ONDE UM CERCO JÁ ESTARIA FORMADO NA TENTATIVA DE COIBIR O ATO E RESGUARDAR A INTEGRIDADE FÍSICA, NÃO SÓ DOS ENVOLVIDOS, COMO DE TODA POPULAÇÃO. A BARREIRA FOI FORMADA E EM POUCOS INSTANTES OS VEÍCULOS PASSARAM PELA GUARNIÇÃO, PORÉM O SEGUNDO VEÍCULO NÃO OBEDECEU A ORDEM DE PARADA EMANADA PELOS POLICIAIS, FURANDO O BLOQUEIO. EM VIRTUDE DA AÇÃO FRUSTRADA OS POLICIAIS SAÍRAM EM PERSEGUIÇÃO, ONDE CONSEGUIRAM INTERCEPTAR OS CARROS EM FRENTE AO HOSPITAL MUNICIPAL DE TUTÓIA, SENDO QUE O VEÍCULO DE COR VERMELHA COLIDIU NA TRASEIRA DO VEÍCULO DO DENUNCIANTE.

EM VIRTUDE DA DESOBEDIÊNCIA DA ORDEM DE PARADA E DA GRAVIDADE DOS FATOS SUPRACITADOS OS POLICIAIS EFETUARAM A PRISÃO EM FLAGRANTE CONTRA O MOTORISTA DO VEÍCULO. 

TRATAVA-SE DO SENHOR ANTÔNIO CARLOS DINIZ DA SILVA, PORÉM O MESMO RESISTIU A PRISÃO, MOMENTO ESTE EM QUE OS POLICIAIS MILITARES TIVERAM DE FAZER USO MODERADO DA FORÇA PARA CONTER A INJUSTA AGRESSÃO DO AUTOR. AGINDO ASSIM OS POLICIAIS MILITARES NO ESTRITO CUMPRIMENTO DO DEVER LEGAL.

APÓS A CONTENÇÃO DO MESMO, FOI ENCAMINHADO PARA A DELEGACIA DE POLÍCIA PARA AS DEMAIS MEDIDAS CABÍVEIS, SEM LESÕES CORPORAIS APARENTES, ONDE FOI AUTUADO EM FLAGRANTE PELO CRIME PREVISTO NOS ARTIGOS 121 C/C 14 DO CÓDIGO PENAL BRASILEIRO. 

CONTUDO SE MOSTRAM INVERÍDICAS AS DECLARAÇÕES DO SENHOR ANTÔNIO CARLOS DINIZ DA SILVA, NAS QUAIS FORAM AMPLAMENTE DIVULGADAS POR VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO, IMPUTANDO FATO CRIMINOSO AOS POLICIAIS MILITARES, ACUSANDO-OS DE AGRESSÕES FÍSICAS E MORAIS ONDE NA DATA DO FATO O MESMO SE NEGOU A REALIZAÇÃO DO EXAME DE CORPO DE DELITO E, SÓ HOJE, AOS 20 (VINTE) DIAS DO MÊS DE DEZEMBRO DE 2017, 6 (SEIS) DIAS APÓS O OCORRIDO, O MESMO MANIFESTOU INTERESSE NA REALIZAÇÃO DO REFERIDO EXAME NA TENTATIVA DE IMPUTAR AOS POLICIAIS, SUPOSTOS HEMATOMAS.

NO MAIS A POLÍCIA MILITAR DE TUTÓIA COMANDADA PELO 2º TEN. QOAPM SÉRGIO DE JESUS RIBEIRO DOS REIS, RESSALTA QUE NÃO TEM MEDIDO ESFORÇOS PARA RESGUARDAR A SEGURANÇA DOS HABITANTES DESTA CIDADE, AGINDO SEMPRE DENTRO DA LEGALIDADE, ESTANDO O COMANDO DA PMMA APTO A APURAR QUALQUER DESVIO DE CONDUTA DE SEUS INTEGRANTES, DESDE QUE ACIONADO.

TUTÓIA – MA 25.12.2017.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário