"> PERSONALIDADES TUTOIENSES: ELZA, A RAINHA DO CAROÇO - Blog Neto Pimentel

segunda-feira, 8 de março de 2021

PERSONALIDADES TUTOIENSES: ELZA, A RAINHA DO CAROÇO

ELZA, A RAINHA DO CAROÇO... Uma das pioneiras em levar o nome do município de Tutoia para mídia nacional.


Por se tratar do Dia Internacional da Mulher, 08 de março, a personalidade tutoiense a ser biografada nesta data não poderia ser outra, senão, uma pessoa do sexo feminino - uma mulher. Uma mulher guerreira, de personalidade marcante, forte, que por várias décadas cantou e encantou o coração do tutoiense, do maranhense e de muita gente por esse Brasil afora, levando alegria para o povo através das toadas que cantava, e do seu bailado na "Dança do Caroço" umas das mais importantes manifestações folclóricas do Maranhão, genuinamente tutoiense, tendo em vista haver surgido na região de Tutoia Velha, Taperinha, Passagem dos Bois e Dendê, onde criou raízes, por ter sido nessa comunidade, vizinha a Tutoia Velha, que nasceu na data de 15 de novembro de 1935, Elza Sousa Mendes que viria a ser no futuro a "Rainha do Caroço".

Filha de Bernardo Agostinho Mendes e Dilmira Souza Mendes, trabalhadores na lavoura, Elza não teve oportunidade de frequentar escolas, até porque àquela época as escolas públicas existentes no município eram pouquíssimas, principalmente em povoados pequenos como a comunidade em que nascera, todavia, mesmo sem ter uma formação escolar mais graduada, conquistou o mundo com sua alegria, cantando e dançando o caroço chegando inclusive a se apresentar para celebridades como a atriz Regina Duarte e Daniel Filho quando visitaram Tutóia na gestão do então prefeito Antonio José Neves Rodrigues. Participou de programas da Rede Globo de Televisão, como o programa "Brasil Legal" apresentado por Regina Cazé , e por diversas vezes foi entrevistada pela TV Mirante, afiliada da Rede Globo em São Luis do Maranhão.

Onde quer que estivesse Elza irradiava alegria, até mesmo quando já estava com a idade avançada e a saúde debilitada a "rainha do caroço" continuava alegre, bem humorada, pois como ela própria mencionava "minha vida não tem tristeza. É só alegria!"

" Eu moro na areia branca
minha canoa é o mar,
Eu moro lá em Tutóia
cidade do beira mar."

Quando das apresentações, Elza costumava cantar os versos acima, de sua autoria, mas uma das toadas mais alegres era o "Marimbondo Sinhá" que durante a coreografia as moças suspendiam as saias, passavam as mãos por baixo das saias, nas partes íntimas como que estivessem se coçando para aliviar as picadas dos marimbondos. Os rapazes faziam o mesmo, claro que por cima das calças.

Elza foi uma grande divulgadora da cultura da cultura popular do município de Tutoia. Participou, juntamente com o seu grupo de caroço, de duas coletâneas, dentre as quais os "Tambores do Brasil" produzido pela editora Abril e em 2000 a gravação de um CD.

Faleceu com a idade de 78 anos no dia 19 de novembro de 2013, na sede do município, onde já residia há alguns anos. Seu falecimento abriu uma lacuna na alegria, na cultura, no folclore, e evidentemente na "Dança do Caroço" Patrimônio Imaterial do Município de Tutoia.


Com esta homenagem à "Rainha do Caroço" desejo parabenizar e homenagear as mulheres tutoienses, maranhenses, enfim homenagear a mulher brasileira, guerreira, heroica, forte, que não se deixa abater por maior que seja o obstáculo. Parabéns.

______________________________________________

Por Antonio Gallas


Nenhum comentário:

Postar um comentário